Sarah Jessica Parker confessou que chegou a ficar em lágrimas após os convites para gravar cenas de nudez. No entanto, até ao dias de hoje, a atriz, de 52 anos, recusou sempre filmar sem roupa.

“Não sei se era por me sentir confiante ou se era por estar a ser aconselhada por algumas pessoas. Havia muita pressão para gravar sem roupa”, começou por dizer a artista.

Perante o movimento #MeToo e os escândalos de assédio sexual em Hollywood, Sarah Jessica Parker sente-se uma ‘sortuda’ por ter contado sempre com o agente, Kevin Huvane, que a protegeu das situações desconfortáveis.

“O meu agente colocava sempre à minha disposição um carro ou um bilhete de avião e dizia: ‘Se alguém quiser que faças alguma coisa que não te deixe confortável, não faças. Dado o que está agora a acontecer e as histórias que estão a ser contadas, sei que tive sorte de ter tido alguém – neste caso, um homem – que me defendeu”, disse a atriz à revista People.

Durante a conversa com a publicação, Sarah Jessica Parker contou ainda que recentemente “encontrou uma mulher com quem trabalho” que se lembrou dos tempos em que a viu a chorar por causa das pressões em posar nua. “Eles diziam: ‘Sarah, amanhã vais ficar nua’. E eu respondia: ‘Não vou ficar nua’”, recordou a atriz.

Apesar de ter sempre dito “não” às cenas de nudez, Sarah apoia as mulheres que sentem-se à vontade para posar sem roupa. “Acho ótimo se as mulheres se sentirem confortáveis com isso, essa escolha é delas”, referiu.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.