Neste que é o quinto dia de chamas em Monchique, Ruy de Carvalho decidiu manifestar-se publicamente quanto à tragédia. "Tenho andado calado, mas não é por não estar a seguir com atenção tudo o que se passa no nosso Algarve, mas sim por que estou desiludido...", começou por dizer numa mensagem que escreveu na sua página de Facebook.

O ator, de 91 anos, mostrou-se profundamente revoltado com algumas medidas da Proteção Civil para com os animais.

"Tenho seguido com atenção tudo o que nos mostram e dizem os meios de comunicação social... é aterrador. Para as pessoas e para os animais que ficaram para trás e que estão feridos", continuou.

"Um grande grupo de associações, particulares e médicos veterinários voluntários, montaram uma mega operação de intervenção e resgate de animais vítimas de incêndio para a qual já tinham as devidas autorizações, só que foram impedidos de continuar o seu trabalho. E o que li, deixou-me muito triste", afirmou relativamente à medida da segunda comandante operacional nacional da Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC) Patrícia Gaspar de recusar a intervenção de qualquer veterinário na zona.

De recordar que Ruy de Carvalho não é o único artista a mostrar-se indignado com algumas das medidas das autoridades e do governo. Também Rogério Samora se mostrou revoltado com o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, esta terça-feira através de um texto publicado no Facebook.

Entretanto, outras celebridades já reagiram à tragédia, mostrando-se solidárias com as vítimas e todos os bombeiros que combatem os fogos.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.