O homem encontrado nos terrenos do Castelo de Windsor no dia de Natal com o plano de "assassinar" a rainha foi acusado de crimes de traição, esta terça-feira, avança a BBC.

Jaswant Singh Chail, que é residente Southampton, também foi acusado de ameaças de morte e posse de arma ofensiva, neste caso uma besta.

O jovem, atualmente com 20 anos está sob custódia policial desde o dia em que entrou dentro da propriedade onde vive a Rainha de Inglaterra, e comparecerá ao Tribunal de Magistrados de Westminster, no dia 17 de agosto.

As acusações foram feitas após uma investigação do Comando Antiterrorista da Polícia Metropolitana do Reino Unido.

Recorde-se que na altura depois da alegada tentativa de "assassinato" de Isabel II, no passado dia de Natal, a ministra do interior, Priti Patel propôs uma alteração da lei relacionada com a posse e uso de bestas como arma.

Atualmente, no Reino Unido, é crime qualquer pessoa com menos de 18 anos comprar ou possuir uma besta e, ainda, vender uma besta a um menor.

O jovem no momento do ataque teria ainda 19 anos e foi detido pela polícia, no Castelo de Windsor. Na altura estava na posse dessa arma medieval. Num vídeo, investigado pela Polícia Metropolitana, o homem mascarado, segurava a besta, e declarou que queria "assassinar a Rainha".

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.