António Raminhos e a mulher, Catarina, preparam-se para serem pais pela terceira vez e, na VII edição dos Troféus de Televisão TV7 Dias, onde o comediante ganhou o prémio na categoria Melhor Ator/Humorista, em conversa com oFama ao Minuto, o tema da gravidez não foi esquecido.

O comediante revelou que está quase tudo a postos para a chegada de Maria Leonor. Vai herdar algumas coisas das irmãs, mas teve de comprar outras porque "cometeu o grave erro" de dar tudo a quem precisava depois do nascimento da segunda filha, pois achava que não iria ser pai novamente.

Em relação às irmãs, Maria Rita e Maria Inês, o humorista contou que no início não queriam ter mais irmãos, mas depois começou a dizer-lhes que "era como ter um nenuco, que podiam mudar a fralda, vestir a roupa", e mudaram de opinião. Agora "gostam muito de ver a barriga a mexer" e ficam com um misto de emoções, "meio assustadas, meio contentes. A mais pequenina está sempre a perguntar quando é a mana vem cá para fora. Acho que vai ser giro".

Segundo António Raminhos, está previsto a bebé nascer no dia 16 de junho, "mas não deve chegar lá". Se possível, irá assistir ao parto, como o fez das outras duas vezes, e ajudar no que for preciso. "Dizer assim: ‘Boa! Vai! Força! Isso aí!’", brincou. "Não, há coisas que se pode fazer. Por exemplo, não dar o apoio nas costas para conseguir fazer mais força. Estar a ajudar ali nos exercícios da respiração. Controlar a força. Ainda dá para fazer alguma coisinha", explicou.

No que diz respeito a cortar o cordão umbilical, o humorista relembrou que só o fez com a primeira filha porque da "segunda foi muito confuso" e "não foi a tempo".

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.