O príncipe William afirmou que iria dar todo o apoio aos seus filhos se estes forem homossexuais, contudo confessou que se preocupa com as pressões que estes terão de enfrentar.

Esta foi uma das coisas em que pensou quando foi pai, sublinhou, enquanto falava com uma série de jovens numa instituição de caridade que apoia a comunidade LGBT.

“Gostaria de viver num mundo onde isso fosse mesmo normal, mas particularmente para a minha família, e na posição em que estamos, isso é o que me deixa nervoso”, sublinhou.

O marido de Kate Middleton acrescentou: “Quantas barreiras, palavras de ódio, perseguição e discriminação que poderá vir, isso realmente mexe comigo”, adiantou.

Recorde-se que William é pai de George, de cinco anos, Charlotte, de quatro e Louis, de um.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.