Paulo Rocha ainda não falou sobre a sua condenação pelo Tribunal de Rio Maior, no processo que lhe foi movido por Gonzo, a quem o ator terá de indemnizar em oito mil euros.

A decisão de manter o silêncio deverá ser consequência de ordens recebidas da Globo, que terá advertido o ator para não falar sobre o tema.

“O Paulo não está a dar entrevistas sobre esse assunto”, eis a resposta que a assessoria de Paulo Rocha está a dar aos jornalistas que pretendem obter uma reacção.

O Tribunal de Rio Maior considerou provada a agressão de Paulo Rocha à integridade física de Gonzo, durante um incidente numa discoteca da região, e condenou o ator a pagar uma indemnização de cerca de oito mil euros ao ex-Excesso.

No Brasil o processo foi conhecido quando Paulo Rocha gravava “Fina Estampa”, a novela que a SIC estreou recentemente no horário da tarde, e onde contracenava com Lília Cabral, que foi uma das maiores defensoras do colega.

“Ele contou-nos a verdade sobre o caso, nós sabemos que ele agiu em defesa. Se ele fosse outro tipo de pessoa talvez tivéssemos colocado em dúvida alguma coisa. O Paulo é uma pessoa muito tranquila, muito meiga, muito bem formada”, declarou a atriz aquando da sua recente visita a Portugal, por ocasião da gala dos Globos de Ouro da SIC.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.