"Esta é absolutamente a pior parte de ser uma agente. Não posso crer que tenha que escrever isto, e muito menos publicar a notícia. Por favor, compartilhem os vossos pensamentos e memórias da Irene; ela irá ler todas e cada uma das mensagens e estará a sorrir no céu. Ela adorava os seus fãs", escreveu no Twitter a sua agente, Judith Moose, sem especificar as causas da morte.

A família pediu privacidade enquanto se desenrolam os serviços fúnebres da artista, "cujo legado viverá para sempre através da sua música e dos seus filmes", acrescentou a publicista, citada pela agência espanhola de notícias Efe.

Cara, que nasceu no Bronx, em Nova Iorque, em 1959, trabalhou em televisão e teatro antes de conseguir o papel principal no drama musical de 1976 "Sparkle".

A fama internacional surgiu apenas, no entanto, com a sua participação na série "Fame" (na qual interpretou a canção-tema), pela qual obteve o prémio de Melhor Atriz nos Globos de Ouro.

A sua canção de "Flashdance" também lhe valeu um Óscar pela Melhor Canção Original e dois prémios Grammy de Melhor Álbum de Banda Sonora Original para Filme, um prémio Especial de Televisão e a Melhor Interpretação Vocal Feminina Pop.

Leia Também: Mulher de Aaron Carter presta homenagem ao marido

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.