"O nosso pai tinha uma vida dupla, estava com a minha mãe e com a mãe da Georgina ao mesmo tempo. A minha mãe sabia e consentia". Esta foi uma das confissões de Patricia Rodríguez ao 'Sábado Deluxe', da Telecinco.

A meia-irmã de Georgina Rodríguez falou sobre a relação com a companheira de Cristiano Ronaldo, referindo que já não se falam há três anos.

"A Georgina ligou-me quando o nosso pai morreu na Argentina, mas ela nem me pagou o bilhete de avião para que eu pudesse me despedir dele, sabendo que eu não tinha dinheiro", disse, acrescentando que já não vê a meia-irmã há mais de dez anos.

Patricia explicou que, apesar de serem filhas de mães diferentes, tinham uma relação próxima e até passavam férias juntas. Mas tudo mudou quando o pai foi preso. Nessa altura, lembra, "a mãe morreu e foi a mãe de Georgina quem tomou conta de si durante um tempo". "Mas, de seguida, meteu-me num reformatório em Jaca", acrescentou.

"Fico feliz que a minha irmã se tenha saído bem, mas gostaria que ela me levasse em conta, para não esquecer que existo, disse-me, por exemplo, que me ia ajudar com os livros escolares do meus filhos e ainda estou à espera", partilhou.

Leia Também: Georgina Rodríguez arrasada após partilhar frase sobre "sorte na vida"

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.