Mariana Goldfarb sofreu, na tarde desta quarta-feira, um grande susto. Tudo aconteceu quando a modelo estava no trânsito, na cidade do Rio de Janeiro, e foi confrontada por um homem que acabou por lhe apontar uma arma à cabeça.

"Mais cedo eu estava vindo para Ipanema do trabalho e a gente recebeu uma fechada de um outro carro. Aí o motorista que estava comigo foi falar com o moço do lado", começou por relatar através dos InstaStories.

"E aí o cara simplesmente abriu o vidro, apontou uma arma para mim e disse que ia me matar, assim. Foi a segunda vez que vi uma arma. A primeira foi aqui em Ipanema quando fui assaltada", acrescentou.

O episódio aconteceu na sequência de Mariana e Cauã Reymond terem reatado o namoro. No rescaldo das emoções, a modelo revelou um sentimento curioso que experienciou.

"Uma das coisas mais fortes é que eu poderia ter morrido ali, mas eu não tive nenhum arrependimento. Não passou nenhuma coisa na minha cabeça de: ‘Você fez mal para essa pessoa', ‘você não viveu sua vida bem'", rematou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.