Tom Hanks foi das primeiras celebridades a revelar publicamente que tinha testado positivo para o novo coronavírus. O ator e a mulher, Rita Wilson, estavam na Austrália quando foram diagnosticados com Covid-19, uma batalha que foi novamente destacada, desta vez em entrevista ao 'The National Defense Radio Show', na passada quinta-feira.

"A Rita passou por um período mais difícil do que eu. Ela teve febre muito mais alta e apresentava outros sintomas. Ela perdeu o paladar e o olfato", começou por recordar Tom, referindo que a esposa também teve fortes enjoos.

No seu caso, Tom destacou que "teve algumas dores no corpo e estava muito cansado".

Durante a recuperação, Hanks tentou manter-se ativo fazendo por ter uma rotina de 30 minutos de alongamentos e exercício físico. No entanto, nunca conseguiu fazer um treino completo e parava após "12 minutos".

Na mesma conversa, o ator, de 63 anos, contou ainda que ambos foram logo isolados num hospital australiano durante três dias após o primeiro teste positivo.

Leia Também: Covid-19: Mulher de Tom Hanks fala dos efeitos colaterais de medicamento

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.