Luísa Castel-Branco comunicou na passada semana que a sua colaboração com o 'Passadeira Vermelha' chegou ao fim, depois de sete anos a integrar o leque de comentadores do programa da SIC Caras. A notícia gerou desânimo entre os espectadores e a apresentadora, Liliana Campos, mostrou-se igualmente desgostosa com a baixa.

"Ao longo destes quase sete anos de uma convivência quase diária, conheci a Luísa e as suas fragilidades. A Luísa e os filhos. A Luísa e os netos. A Luísa e o Francisco. A Luísa e as suas gulodices. A Luísa teimosa que faz disparates que não deve. A Luisa que devia ter cuidados consigo que não tem. A Luísa e a sua preocupação com todos. A Luísa e o seu instinto maternal, no qual sempre que precisei, me abraçou, mesmo quando eram só os olhos a falar. A Luísa preocupa-se comigo e isso toca e enche o meu coração. Por tudo isto, só posso estar triste", lamentou na legenda de uma publicação realizada esta quarta-feira.

A apresentadora confessou que será duro não conviver com a comentadora nos bastidores do 'Passadeira Vermelha', "onde foram tão felizes".

A anfitriã realçou ainda que a participação de Luísa Castel-Branco no formato da SIC Caras foi notada da máxima "credibilidade", apesar das suas opiniões serem muitas vezes pouco "consensuais".

"Luísa querida, estou cheia de saudades suas e com uma vontade enorme de a abraçar", rematou.

Leia Também: Depois de 7 anos, Luísa Castel-Branco abandona 'Passadeira Vermelha'

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.