Kim Kardashian West teve a oportunidade de, nesta semana, visitar a Casa Branca e conhecer Donald Trump.

A visita da socialite deu-se a propósito do caso de Alice Marie Johnson, uma mulher de 63 anos que foi condenada a prisão perpétua na sequência de um crime de tráfico droga. A Kardashian foi interceder pela sua clemência, alegando que a contribuição que iria dar à sociedade seria muito mais benéfica fora da prisão e perto da família, do que dentro do estabelecimento.

Numa entrevista à CNN Tonight, a mulher de Kanye West descreveu como foi a experiência. “Eu nunca fico chocada”, afirmou. “Mas fiquei chocada ao entrar no Salão Oval… realmente sente-se o poder e a história que lá estava… bastou um segundo para captar tudo aquilo e depois começamos a falar”, sublinhou.

Kim garantiu que o Presidente dos Estados Unidos se revelou compreensivo com a sua reunião: “Ele sabia que era a coisa certa a fazer e disse isso desde o início que ouviu a história completa dela”, relembrou.

A verdade é que a intercessão da empresária deu resultado, porque pouco tempo mais tarde Alice acabou por sair da prisão.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.