Katia Aveiro decidiu aderir à "campanha das mulheres que exigem respeito", tendo partilhado na sua página de Instagram uma mensagem que está a circular nas redes sociais.

"HOMENS DO MEU Instagram (redes sociais em geral).... Não me chamem no CHAT a menos que tenham algo de útil e produtivo para me dizer, muito menos quando é conversa da treta que começa: 'Oi, Tudo Bem?' ou 'Olá linda! Podemos conversar?'. Não comentem nas minhas publicações (oi gostosa, oi brasa, oi fofa). Não há santo que aguente, cancelem essa intimidade que acham que têm comigo", pode ler-se.

"Ter uma mulher no Facebook ou no Instagram, não significa ter liberdade com ela. Não estou à procura de ninguém (até porque já tenho o meu amor e graças a Deus estou feliz com ele), e o Tinder ou site de engates não é seguramente aqui. Se alguém me quiser excluir, sinta-se a vontade (até agradeço). Nunca confunda a minha educação, o meu trabalho (divulgação imagem, aparecer diariamente, liberdade de expressão e simpatia) com liberdade de confiança que não dou", destaca ainda o 'movimento'.

Leia Também: Katia Aveiro para prima: "Esse maldito cancro não vencerá"

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.