Os filhos de Michael Jackson perpetuaram o nome de seu pai no Passeio da Fama, em Hollywood, numa singela homenagem que contou com a presença do jovem cantor Justin Bieber.

A filha Paris, de 13 anos, gravou no cimento a forma da mão do rei da pop, utilizando a luva usada pelo artista em “Thriller”. E também escreveu na placa o nome do pai, desenhando um coração entre as palavras Michael e Jackson.

Já o pequeno Blanket, de 9 anos, gravou a marca dos sapatos de seu pai na argamassa, apoiado pelo irmão mais velho, Prince, de 14.

Os três filhos de Michael Jackson também deixaram no cimento as marcas de suas próprias mãos, ao lado das homenagens a Marilyn Monroe, Elizabeth Taylor e Steven Spielberg.

Na cerimónia, que durou cerca de uma hora e meia, foram entoadas algumas canções de Michael Jackson, como “They Don't Care About Us” e “Black or White”, interpretadas por alunos de várias escolas artísticas e por membros do Cirque du Soleil.

Um dos momentos mais aclamados foi quando Justin Bieber surgiu em cena. O jovem cantor canadiano foi recebido com muitos aplausos e confessou toda a sua grande admiração por Michael Jackson: “Foi mais que um grande artista, foi uma inspiração. Eu quero ser tão bom como ele foi", declarou Bieber, antes de cantar “Rockin' Robin”, música da época em que Michael integrava o grupo “Jackson 5”.

Entre na nossa fotogaleria e veja imagens do evento em Hollywood.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.