Há mais uma celebridade norte-americana a mudar-se para a Europa. Mas, ao contrário do que sucedeu com Madonna ou Garrett McNamara ou de famosos europeus como Monica Belucci, Éric Cantona ou Christian Louboutin, não vem para Portugal. Depois de ter estado confinado num luxoso palacete pertencente à cientologia, a religião que segue, em West Sussex, no sul de Inglaterra, Tom Cruise admite trocar Los Angeles, nos Estados Unidos da América, pelo Reino Unido.

A notícia é avançada pelo The Sunday Mirror. O tabloide britânico garante que o artista, que estava a gravar um novo filme na região quando foi surpreendido pelo encerramento das fronteiras por causa da pandemia viral de COVID-19, já anda à procura de casa para se estabelecer naquela zona, não muito longe do Saint Hill Manor, a mansão onde tem vivido. "Ele está mais ativo do que nunca naquela organização [religiosa]", garantiu fonte próxima do artista de 57 anos à publicação.

A mudança para o sul de Inglaterra permitiria ainda a Tom Cruise estar mais próximo de Isabella Jane Cruise, uma das duas crianças que adotou durante o período em que esteve casado com a atriz australiana Nicole Kidman, entre 1990 e 2001. Nascida em 1992, a filha adotiva do casal, atualmente com 27 anos, vive e trabalha em Londres. Para além de Isabella Jane Cruise, o ex-casal também adotou Connor Cruise. Nascido em 1995, é ator, mais ainda não tem o mediatismo dos pais.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.