A manhã desta quinta-feira, dia 15, ficou marcada pela notícia da morte do escritor chileno Luis Sepúlveda, que perdeu a vida aos 70 anos, vítima do novo coronavírus. Notícia à qual Manuel Luís Goucha não ficou indiferente e que ganhou destaque no início da emissão do 'Você na TV'.

"A primeira notícia não é uma notícia feliz", começou por dizer, explicando de seguida que o romancista foi notícia em Portugal em fevereiro depois de ter marcado presença no festival literário Correntes d'Escritas, que decorreu em Póvoa de Varzim.

Dias mais tarde, o escritor chileno residente em Espanha regressou ao país vizinho, onde foi diagnosticado com Covid-19.

"Falamos dele porque se falou muito dele pela sua estada em Póvoa de Varzim", explicou o anfitrião das manhãs da TVI, que revelou também a sua admiração pelo escritor.

"Deixou uma obra escrita que vai perdurar para sempre. O primeiro livro de Luis Sepúlveda foi a 'História de uma Gaivota e do Gato que a ensinou a voar'. Se porventura não conhece, agora que está em casa é hora de descobrir este magnifico escritor", rematou.

Luis Sepúlveda perdeu a vida no Hospital Universitario Central de Asturias, na cidade espanhola de Oviedo, onde estava internado desde fevereiro.

Leia Também: Escritor Luis morre vítima do novo

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.