O rés do chão e a cave do prédio que o George Clooney arrendou para viver com a mulher e com os filhos, no número 116 da Sullivan Street, no SoHo, bairro trendy de Nova Iorque, nos EUA, foram, nos últimos meses, arrendados a turistas mas não possuem certificado de ocupação nem têm alarmes de incêndio nem saídas de emergência identificadas. Richard Fertig, o proprietário do imóvel do século XIX, foi notificado nas últimas semanas.

De acordo com as autoridades locais, o senhorio do ator terá cometido quatro infrações, ao disponibilizar o apartamento duplex na rede de aluguer de imóveis Airbnb durante menos de 30 dias, o mínimo exigível segundo a legislação local, a não ser que o dono da propriedade resida no local, o que não é o caso. O mês passado, o cantor John Legend e a mulher, a modelo Chrissy Teigen, viram-se envolvidos num escândalo semelhante.

Na altura, o casal abandonou rapidamente o apartamento. Até agora, nem George Clooney nem Amal Clooney se pronunciaram sobre as acusações que recaem sobre o senhorio. Entretanto, o ator, um dos muitos que já se transfigurou em nome da arte, como pode ver na galeria de imagens que se segue, vai ser substituído por Kyle Chandler na série de televisão "Catch-22", noticiaram hoje vários meios de comunicação internacionais.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.