Foi no cocktail da LR Health & Beauty, na Costa da Caparica, que Mickael Carreira falou com os jornalistas sobre a carreira, que começou há uma década. Além do percurso no mundo da música, o artista dá ainda a cara por dois perfumes.

"O balanço que eu faço é que estou a ficar cota. É complicado, já nos 30", mas "feliz com tudo o que conquistei até hoje. Eu costumo dizer que se alguém me dissesse há dez anos que ia ter dois perfumes meus, era completamente impensável. Depois o Meo Arena e tudo aquilo que aconteceu. O balanço que faço é muito positivo, com momentos altos e baixos, mas acho que isso também faz parte", descreve.

Em relação ao novo projeto que se avizinha, o artista conta que optou por gravar o novo videoclipe em Lisboa: "Uma das opções era Miami, mas optei por gravar na minha cidade e foram três dias de gravações em Lisboa, e correu tudo bem".

Segundo o artista, já não falta muito para os fãs poderem ver o resultado final, que faz parte do novo álbum que será lançado lá para "setembro".

Com uma agenda preenchida por concertos, Mickael terá um verão em cheio. A digressão arrancou em fevereiro e só vai acabar no final do ano com um concerto no Meo Arena, "à semelhança daquele que fez no ano passado".

"A tournée vai passar um pouco por todo o país. Em agosto vão ser concertos quase todos os dias. Ao fim ao cabo quase sem novidades, o último disco já saiu há dois anos, mas está a correr muitíssimo bem", acrescenta.

Com tanto trabalho, o músico admite que até "precisava de umas férias", mas como as coisas estão a correr bem, está a "tentar aproveitar este momento". Além disso, as gravações do programa ‘The Voice’, onde é júri e que estreará em setembro, começam este mês. "Com isto e a tournée acaba por ser complicado” arranjar uns dias de descanso mas "assim que conseguir, vou tirar uns dias".

Por norma, quando Mickael tira férias "gosta de ficar em Portugal", visto que já viaja muito devido à sua profissão. "Quando tenho um tempo livre gosto de ficar aqui. Acho que temos um país fantástico e gosto de ir para o sul, Alentejo, e para o norte… Não digo isto só porque fica bem, já o disse várias vezes. Temos um país brutal e quando tiro férias gosto de ficar por cá", reforça.

Durante as férias, além de namorar, o cantor confessa que "gosta de dormir". "Gosto de coisas normais. De estar com a família, amigos, namorar, beber uns copos também é bom. São umas férias normais. Principalmente descansar para depois quando voltar a trabalhar estar com as baterias carregadas e voltar com força", revela.

No que toca ao amor, Mickael mantém uma relação com Laura Figueiredo e admite que o facto de ter uma mulher ao seu lado tem ajudado, tanto a nível pessoal como profissional.

"Sim, sem dúvida. Por acaso, ainda hoje falo da minha relação com cuidado porque acho que o que interessa às pessoas não é se estou com aquela pessoa ou com outra. É saber realmente do meu trabalho. Mas, evidentemente, sim. A Laura tem sido um apoio fundamental na minha vida, tanto a nível pessoal como profissional. Ainda agora tivemos as gravações do novo vídeo e ela esteve sempre a apoiar-me", conta.

A relação vai de vento em poupa mas, ao contrário do irmão, David Carreira, Mickael não pensa ter filhos brevemente. No entanto, já começa a encarar a questão com outros olhos.

"Sim, neste momento já começo a pensar nisso, com calma. Mas, acho que por ter uma vida tão agitada e a andar de um lado para o outro, gostava realmente de quando fosse pai de assentar mais um bocadinho e de ter tempo para acompanhar o crescimento dos meus filhos", disse.

Mas, para já, o cantor "não faz planos em relação a isso". Vive um dia de cada vez e quando tiver que ser, será.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.