Gisela João esteve esta segunda-feira n'Programa da Cristina', da SIC, para em conversa com Cristina Ferreira brindar os espetadores com a história da sua vida.

Sempre alegre e divertida, a fadista recordou a sua infância. "Vivemos com muito pouco", confessa, garantindo que apesar das dificuldades financeiras nunca lhe faltou nada.

"Não seria uma pessoa tão criativa como sou, não iria cantar da forma que eu canto, se não tivesse tido a vida que tive", conta.

Ainda muito nova, deixou o norte para rumar a Lisboa em busca dos seus sonhos. Nessa época cantava de noite nas casas de fado e durante o dia trabalhava em lojas. "Trabalhei no comercio tradicional durante 13 anos da minha vida, com muito orgulho", diz.

"Sempre gostei de não depende da musica para viver", refere, explicando que precisa de se sentir livre quando canta e sem pensar que está no palco para ganhar dinheiro.

Espontânea e sem papas na língua, a artista confessa que durante uma fase da sua vida quis ser uma pessoa diferente, mais calma, tranquila e reservada. Mas foi depois de um susto de saúde que Gisela aprendeu a aceitar-se tal como é.

"Em 2017 tive um problema de saúde muito grave e quase que ia desta para melhor (...) Quando acordei, segurei no braço da minha amiga disse-lhe: Gosto muito de ser como sou", completou a fadista, que terminou a sua participação no programa das manhãs confecionando um bolo na cozinha de Cristina.

Leia Também: João Manzarra toma decisão importante durante a quarentena

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.