O novo livro de Michael J. Fox, a autobiografia 'No Time Like the Future: An Optimist Considers Mortality', chega carregada de grandes revelações, entre as quais um anúncio que dá conta da retirada do ator do mundo artístico devido à doença de Parkinson.

"Há um tempo para tudo, e o meu tempo de ter uma jornada de trabalho de 12 horas, a decorar sete páginas de diálogo, já lá vai", pode ler-se na obra.

"Pelo menos por agora entro numa segunda reforma. Isso pode mudar, porque tudo muda. Mas se este for o fim da minha carreira como ator, que seja", acrescenta, referindo-se ao facto de no ano 2000, dois anos após tornar público que sofria de Parkinson, ter dito que pretendia reformar-se.

A estrela do filme 'Regresso ao Futuro' voltou aos ecrãs quatro anos depois, com uma pequena participação na série 'Médicos Estagiários, tendo depois feito desde então várias participações em outras produções.

Leia Também: Ator Michael J. Fox escondeu à família durante 7 anos que tinha Parkinson

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.