O novo espetáculo de Chris Rock já está disponível no Netflix e nele o comediante aborda temas bastante sensíveis da sua vida pessoal, como é o caso das traições à mulher e ainda do seu vício em pornografia.

“Não era um bom marido. Estava todo f*****. Estava viciado em pornografia. Eu sei, a indústria que vale milhões. Apanhou-me, ok? Era viciado em pornografia e por causa disso chegada 15 minutos atrasado a todo o lado”, afirmou, dando sempre o ar da sua graça.

“Quando vês demasiada pornografia, sabes o que acontece? Eis o que acontece. Tornas-te sexualmente autista. Desenvolves autismo sexual. Não consegues manter o contacto visual e verbal”, sublinhou, acrescentando: “O que acontece quando vês demasiada pornografia é que ficas insensível”.

Na perspetiva do humorista, à medida que o tempo ia passando, eram necessárias cenas cada vez mais intensas para a pornografia fazer o ‘efeito’ que ele esperava.

Importa sublinhar que o vício em pornografia não foi o único motivo pelo qual o casamento de 16 anos entre Rock e Malaak Compton-Rock terminou em 2014. Os seus inúmeros casos de infidelidade também contribuíram para o final do matrimónio.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.