Marisa Borini, mãe da cantora e ex-modelo italiana Carla Bruni, a nova namorada do presidente francês Nicolas Sarkozy, revelou hoje ao diário "Le Parisien" que a filha está a viver "uma autêntica história de amor!". A velha senhora testemunhou que Carla "se complementa muito bem com Nicolas", o que lhe permitiria vir a ser uma excelente primeira-dama de França.

Nessa curta entrevista, Marisa Borini, ex-pianista de concertos, "uma mãe italiana", como ela se qualifica, lança um avisado conselho ao provável futuro genro: " Se Carla vier a tornar-se primeira-dama de França, ela terá necessidade do seu próprio espaço e de tempo para escrever. Ela necessita de escrever poesia, compor música, gravar álbuns. (...) Penso que o presidente da República não viu nela apenas uma bela rapariga e que ele respeita muito o seu lado artístico. Falámos disso em conjunto e ele está completamente de acordo."

A vida sentimental do presidente francês está a fazer as delícias da Imprensa, desde que Sarkozy se divorciou oficialmente em 18 de Outubro último. Subitamente, em meados de Dezembro, o romance com a bela cantora italiana saltou para todas as primeiras páginas quando fotógrafos (previamente avisados, ou não, por colaboradores do presidente...) apanharam a famosa dupla a passear na Eurodisney. Nos últimos dias, as imagens de Sarkozy, de 52 anos, e Carla Bruni, de 39, muito íntimos e amorosos em férias no Egipto, voltaram às capas das revistas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.