Halsey viveu momentos difíceis em 2016, quando sofreu um aborto espontâneo, causado pela doença que foi diagnosticada na altura: endometriose.

Quando soube da sua condição de saúde, a artista decidiu que iria congelar embriões para garantir que poderia ser mãe no futuro. No entanto, as boas notícias acabaram por chegar antes de o fazer.

Depois de se ter submetido a uma cirurgia e de ter feito algumas mudanças no seu estilo de vida, os médicos concluíram que a artista não precisa de congelar embriões - algo que planeava fazer este ano - porque acreditam que agora já pode engravidar de forma natural. Uma novidade que Halsey recebeu com muita alegria e emoção, como contou em conversa com a revista Rolling Stone.

"Eu estava do género: 'Como assim, o que é que acabou de dizer? Disse que eu posso ter filhos?' O que se sente é o oposto de se descobrir que temos uma doença terminal. Liguei logo para a minha mãe a chorar", recordou.

Apesar das boas notícias, a sua condição continua a afetá-la diariamente, uma vez que muitas vezes está preocupada com o facto de poder acabar o dia no hospital sempre que está no ciclo da menstruação. "Acho que para uma pessoa normal é como: 'Que m****, estou com o período e tenho um espetáculo hoje'. Mas para mim é mais: 'M****, estou com o período. Espero não ter que ir ao hospital", desabafou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.