Angelina revelou que o seu novo filme - 'Those Who Wish Me Dead' -, serviu como "terapia" na sequência do seu processo de divórcio de Brad Pitt.

"Tenho tido muita sorte. É como se fosse uma terapia. Tenho conseguido papéis como este quando precisava de começar a desafiar-me novamente", confessou em entrevista ao Extra.

Em declarações anteriores à revista People, Jolie já tinha descrito a trama como uma experiência de "cura" para ela.

"Sinto-me atraída por pessoas que passaram por alguma coisa e que ficaram destroçadas, mas que depois encontraram o seu caminho e ultrapassaram", notou. "Como artista, é um processo de cura interpretar pessoas assim", completou.

Note-se que Brad Pitt e Angelina Jolie iniciaram o seu processo de divórcio em 2016. Em comum têm seis filhos - Maddox, de 19 anos, Pax, de 17, Zahara, de 16, Shiloh, de 14, e Knox e Vivienne, de 12.

Leia Também: Angelina Jolie diz que o seu divórcio tornou sonho impossível de realizar

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.