Diogo Carmona sofreu em outubro deste ano um duro golpe. O ator foi atropelado por um comboio e acabou por, na sequência do acidente, sofrer a amputação do pé direito.

Seguiram-se semanas de internamento até à aguardada alta médica. Aquele que foi um dos rostos principais do elenco juvenil da novela 'Floribella', da SIC, encontra-se agora em casa e a recuperar.

"O Diogo está bem e recomenda-se", quem o diz é um amigo próximo, Nelson Galhofo, que em declarações ao Notícias Ao Minuto nos contou como têm sido as últimas semanas.

Como é que o Diogo está a reagir nestes primeiros meses de recuperação após o acidente?

O Diogo está a reagir naturalmente, é um jovem de 22 anos que perde a sua mobilidade. Está a reagir bastante bem para aquilo que era esperado. Está na fisioterapia e gosta de ir à fisioterapia. Gosta de estar com os amigos que verdadeiramente gostam dele e querem estar com ele.

Parece-me a mim que vamos ter novamente o Diogo nos grande ecrãs daqui a pouquíssimo tempo

E está animado nesta fase?

Está, está animado. Está contente por ver com quem é que verdadeiramente pode contar, quem tem sempre uma mão para o ajudar e portanto parece-me a mim que vamos ter novamente o Diogo nos ecrãs daqui a pouquíssimo tempo.

Já existiu algum convite?

Talvez, talvez. Talvez exista um ou outro convite, são coisas que só o tempo dirá. Mas ainda bem, acho que isso é que é um saldo positivo: depois de tudo o que o Diogo passou conseguir estar a reerguer-se de uma forma tão rápida.

Ainda que o saldo seja positivo, devem existir dias mais complicados.

Isso é como tudo. Se algum de nós tivesse passado pela situação que ele passou também teríamos os nossos momentos complicados, mas é um facto que as pessoas com quem ele tem estado têm ajudado muito naquilo que o Diogo está a ser mediante esta recuperação gigante.

Notícias ao Minuto

Diogo Carmona com o amigo, Nelson Galhofo © Reproduções Instagram

Antes do acidente tinha sido noticiado um alegado afastamento entre o Diogo e a sua família próxima. Existiu uma aproximação nesta altura?

A família nunca deixou o Diogo, mas eu não quero falar muito sobre a família. Isso é uma coisa que compete ao Diogo.

O que se passou com o Diogo foi um acidente Visto que estamos na quadra natalícia, como é que vai ser este Natal para o Diogo?

Este vai ser um Natal entre a família, seja ela qual for, e pode também ser a família dos amigos. Vai ser um Natal com felicidade, um Natal com entreajuda. Neste momento é o que o Diogo precisa. E parece-me que o mais importante é que o Diogo esteja feliz neste Natal, e daqui para a frente.

Existe vontade por parte do Diogo em falar publicamente sobre o que aconteceu?

Além de ser cedo, julgo que não é uma coisa que tenha muito interesse O que importa é que o Diogo está a melhorar e que daqui a pouco tempo vamos voltar a vê-lo nos ecrãs.

Na altura em que o acidente aconteceu correu o rumor de que poderia ter-se tratado de uma tentativa de suicídio. O que aconteceu realmente?

O que se passou com o Diogo foi um acidente. São coisas que acontecem, infelizmente. Era bom que não acontecessem, mas, acontecendo, devemos olhar para elas com alguma naturalidade, por muito que custe. E custa, claro que sim. Custou-me a mim enquanto amigo e custou aos outros amigos todos, mas nós temos de olhar para a frente e acreditar no futuro.

Leia Também: As primeiras imagens de Diogo Carmona após acidente que levou a amputação

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.