O Natal da família real britânica é passado desde o final da década de 1980 em Sandringham, onde a rainha Isabel II reunia todos os anos os filhos, netos e bisnetos.

Com Carlos III a tradição mantém-se e este ano a residência da família em Norfolk até vai abrir as portas a novos elementos, como os filhos, os netos e a irmã da rainha Camilla.

Novas tradições se criam e outras perdem-se. É este o caso de um antigo 'ritual' dos príncipes William e Harry. Durante cerca de dez anos, os filhos do rei e de Diana de Gales jogavam uma partida de futebol americano com os funcionários de Sandringham na Véspera de Natal.

Em 2015 deixaram de jogar na mesma equipa e no ano seguinte passaram a usar calções das equipas pelas quais torcem, William do Aston Villa e Harry do Arsenal.

Agora que a relação entre os dois irmãos é inexistente e que nem se sabe ainda se Harry e Meghan vão estar presentes no Natal em Sandringham, a tradição já não existe, mas, quem sabe, o príncipe William não poderá incentivar os filhos a seguirem com esta prática.

Leia Também: Harry e Meghan Markle decidem dar 'passo atrás' e mudam de estratégia

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.