Joana Machado Madeira viajou para Nova Iorque, Estados Unidos, local onde está a viver uma das maiores aventuras da sua vida.

Tal como a própria o descreveu nas redes sociais, sem dúvida que uma das coisas mais difíceis tem sido aguentar o intenso frio que por lá se faz sentir nesta época.

“Dia 12 embarquei rumo a Nova York. Só hoje consegui dar sinais de vida ao mundo. Têm sido dias com poucas horas de sono e de um nível de excitação exagerado da minha parte. Estou a querer viver tudo o que a cidade que nunca dorme tem para oferecer”, começa por referir na sua página de Facebook.

“Corri por entre os milhares de carros e milhares de avenidas à procura do Woody Allen. Fiz amigos judeus ortodoxos e quase os convenci a ficarem nus na Quinta Avenida. O meu iPhone congelou com os 9 graus negativos que apanhou. Já fiz mais de 120 km a pé para pode ver, sentir e falar com tudo e todos. Sim, com todos”, continua.

“Estou a precisar de dormir. Muito. Perdi o terramoto de Arraiolos, umas quantas polémicas nas redes e a estreia da merda da Supernanny. Estava em Times Square quando aquele maluco tentou atropelar o polícia. Atravessei a ponte de Brooklyn a pé e tenho feito rir quem se cruza comigo. Estou quase congelada. Estou feliz como uma garota. Mais calma, apesar de ter o coração ainda acelerado. Vou começar a partilhar convosco esta aventurazinha. Caso fique outra vez mais de 5 dias sem dar notícias mandem alguém ir ver de mim. Posso ter endoidecido por esse mundo fora”, termina.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.