Ter uma casa própria é um passo para a independência, mas é normal que esta nova fase possa suscitar alguma ansiedade. No entanto, é preciso saber lidar com o processo e ter algum jogo de cintura para fazer boas escolhas para a sua casa com base na sua condição financeira.

Assim sendo, e para não correr o risco de não poder concluir a decoração a seu gosto por falta de 'budget' ou para não comprar nada que seja desnecessário, tome atenção a estas dicas preciosas.

Faça uma lista do que precisa

O ponto de partida é saber qual o budget disponível e do que precisa de comprar. Tudo irá depender do modelo de frigorífico que pretende e até do serviço de talheres que precisa. Comece a anotar tudo e não deixe escapar nenhum detalhe. Cada objeto e valor contam porque só assim vai ter noção do que vai ter de gastar.

Defina prioridades

Decorar uma casa não sai barato e se pudesse ser ao nosso gosto, provavelmente a escala iria rebentar, mas nada como saber adaptar. Assim, nada como começar pelos itens essenciais e sem os quais não pode viver, como é o caso da cama, frigorífico, fogão e aspirador. Não se ponha a gastar em pequenos utensílios de cozinha, por exemplo, para depois não dar uso nem a metade. Tenha também em atenção a data da sua mudança com a chegada dos eletrodomésticos ou da cama, senão terá de lavar roupa à mão ou dormir no chão.

Crie um mood board do projeto

Não, não tem de contratar nenhum decorador para tal e também não tem de cair no erro de comprar uma almofada que achou gira, mas que depois nada tem a ver com o sofá. Fazer um projeto é ter ideias, pesquisar e delinear um plano para cada assoalhada. A Internet, principalmente a plataforma Pinterest, está cheia de excelentes ideias e inspirações para qualquer tipo de espaço. Copie, cole, recorte e crie uma pasta no seu computador ou numa folha para assim ter uma visão daquilo que quer, que resulta bem e o valor. Outra dica importante para ter uma melhor noção do espaço que a mobília vai ocupar é, depois de fazer as respetivas medições, colocar jornais no chão. Assim, vai ter uma melhor noção da área que os móveis vão ocupar.

Poupe ao máximo

Se ainda não saiu de casa, mas anda a pensar nisso, esta dica é para si. Pode ir comprando um ou outro objeto, mas mais importante que isto é começar a poupar para ter mais dinheiro disponível na altura. Comprar alguns itens até pode ser uma opção interessante, no entanto, tenha em atenção porque depois pode mudar de ideias, como pode ser o caso de um quadro que depois não tem nada a ver com o resto da decoração ou um pequeno eletrodoméstico que fica sem funcionar durante algum tempo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.