Alecrim – É antisséptico, adstringente e antioxidante. Alivia dores reumáticas e musculares e também melhora a digestão e o apetite. Estimula o sistema nervoso e aumenta a energia. Não deve ser usado na gravidez, nem por hipertensos e epilépticos, pois pode ser altamente estimulante e aumentar a pressão sanguínea.

Bergamota – Antisséptico, anti-inflamatório, antidepressivo, antiviral e antibacteriano. A bergamota ajuda no combate diversos vírus, incluindo os causadores da gripe, herpes e catapora. Devido à sua versatilidade, também auxilia no tratamento de infecções bacterianas do sistema urinário, boca, garganta e pele, incluindo eczemas. Como desodorante natural, não só tem um perfume agradável, como elimina as bactérias responsáveis pelo mau odor. A bergamota só perde para a lavanda na habilidade de relaxar as ondas cerebrais quando é inspirada. Um cuidado: não se deve expor ao sol por 12h após aplicação na pele, pois a bergamota pode causar pigmentação anormal nas pessoas mais sensíveis.

Camomila – Anti-inflamatória e antisséptica. Auxilia a digestão e ajuda a aliviar gases e náuseas. Também acalma os nervos e estimula o sono. O aroma de camomila relaxa a mente e o corpo. Pesquisas indicam que a camomila acalma as emoções, os músculos e até mesmo as ondas cerebrais. Ajuda a lidar com os altos e baixos da TPM, menopausa e hiperatividade em crianças. Também ajuda a controlar a dor de cabeça, músculos doloridos, cólicas e reações alérgicas. A camomila também é indicada para acalmar cólicas de bebês. Pode ser utilizada no banho ou em compressa.

Canela – Muito utilizado na culinária, pode ser usado na aromaterapia para reduzir a sonolência e a irritabilidade. Em geral, é utilizado como estimulante físico e emocional. Pesquisadores descobriram que a canela reduz ainda a dor de cabeça. Pesquisa já mostrou que o aroma de canela em um ambiente ajudou os participantes a se concentrar mais e produzir melhor. O óleo essencial ajuda a relaxar os músculos e alivia as dores menstruais. Deve ser utilizado em baixa concentração.

Capim limão – Tem efeito revigorante e analgésico. É indicado para combater o cansaço, nervosismo, ansiedade e depressão. Aumenta a concentração e também pode ser utilizado para relaxar crianças agitadas.

Cedro – Ao ser inalado, pode auxiliar no tratamento de infecções respiratórias a ajudar a diminuir a congestão. É estimulante linfático e diurético, funcionando ainda como adstringente suave e tônico. Deve ser usado em baixa concentração e evitado durante a gravidez.

Veja na página seguinte: Eucalipto, Gerânio, Hortelâ-Pimenta, Jasmim e Junípero

Eucalipto – Antisséptico, o eucalipto por muito tempo foi usado na Austrália para tratamento das mais diversas enfermidades: de gripe, febre e dor de garganta a dor muscular e ferimentos na pele. O óleo essencial é utilizado para ajudar no alívio da sinusite e da congestão nos pulmões. A essência de eucalipto estimula as ondas cerebrais e atua no combate à fadiga física e mental. Por isso, especialistas indicam que se leve eucalipto para longas viagens de carro ou que mantenha a essência em seu quarto de estudo ou escritório. De acordo com a International Flavors and Fragances, empresa situada em Nova Jersey, Estados Unidos, inspirar a essência de eucalipto também ajuda a aumentar a energia.

Gerânio – A essência de gerânio tem efeito antidepressivo. Ajuda no alívio dos sintomas da TPM, ansiedade e cansaço nervoso. Estimula a adrenalina e ajuda a normalizar os picos hormonais. Inalar a agradável essência ajuda no combate aos sintomas da menopausa, retenção de líquidos e outros problemas relacionados a hormônios.

Hortelã pimenta – É expectorante e refrescante. Estimula o cérebro e clareia o pensamento. Ajuda a aliviar a febre, dor de cabeça e náusea. O aroma de hortelã pimenta é altamente energizante.

Jasmim – É conhecido por seus poderes afrodisíacos. O jasmim acalma o sistema nervoso, por isso é indicado para quando os nervos estão à flor da pele, e também quando a pessoa sofre de dor de cabeça insônia, depressão e com os sintomas da TPM e da menopausa. Estudos da Toho University School of Medicine, em Tóquio, mostram que a essência de jasmim também estimula as ondas cerebrais e a clareza mental.

Junípero – Atua como purificador emocional, ajudando a lidar com as debilidades mais diversas do corpo e da alma. Ao ser inalado, ajuda a aliviar a congestão e outros sintomas da bronquite.

Veja na página seguinte: Laranja, Lavanda, Limão, Mangerona e Patchouli

Laranja – Revigorante, alivia a ansiedade. Na aromaterapia, é conhecida por sua habilidade para afetar o humor e baixar a pressão arterial. O aroma de laranja é o preferido de muitas crianças, e, geralmente, elas se adaptam melhor à aromaterapia quando este aroma é incluído.

Lavanda – Auxilia no equilíbrio físico, mental e emocional. Considerada poderoso desintoxicante, também pode ajudar a combater a insônia. Das diversas fragrâncias trabalhadas pela aromaterapia, a lavanda é a mais efetiva em relaxar as ondas cerebrais e reduzir o estresse.

Limão – Ativa a concentração e alivia o cansaço mental. Tem efeito antidepressivo. O forte aroma cítrico do óleo essencial do limão é utilizado para tratar dor de garganta, tosses e outras infecções. Ao ser inalado, ajuda a reduzir a pressão arterial. Também pode ajudar a reduzir a retenção de líquidos e melhorar a absorção de minerais, além de auxiliar na perda de peso. No Japão, o óleo essencial de limão é usado em difusores de escritórios e fábricas, pois se acredita que aumenta a concentração e a capacidade de memorização. Pesquisas comprovam que o aroma de limão é relaxante, o que aumenta a concentração. Como se considera que o limão estimula a mente enquanto acalma as emoções, inalar a essência pode auxiliar na tomada de decisões.

Manjerona - Afrodisíaca, a manjerona tem efeito analgésico e anti-infeccioso. Além disso, é considerada excelente para acalmar as ondas cerebrais.

Patchouli – De aroma forma, o patchouli tem efeito antidepressivo. Seu aroma reduz o apetite e ajuda a aliviar dores de cabeça. Também é considerado estimulante sensual e afrodisíaco.

Veja na página seguinte: Rosa, Sândalo e Ylang Ylang

Rosa – Geralmente associada a romances e ocasiões especiais, o óleo essencial também atua como poderoso antidepressivo. Afrodisíaco, é indicado para dar um up na autoestima. A rosa ajuda também no alívio de sintomas de diversos problemas femininos, como cólicas menstruais, TPM e alterações de humor inerentes à menopausa.

Sândalo – Tem efeito afrodisíaco, mas pode ser utilizado também para meditação. O óleo essencial é usado para tratar problemas oriundos do sistema nervoso, como insônia e irritabilidade.

Ylang Ylang – Antidepressivo e afrodisíaco, atua no combate à tensão, ansiedade e irritabilidade. Frigidez e estresse também podem ser amenizados com o uso deste óleo essencial.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.