A retrogradação começou no grau 8 de sagitário e irá até ao grau 23 de escorpião.

Ciclo de transformação profunda dos valores que regem a nossa atitude na vida. Valores de reactividade da sobrevivência do ego que quer manter o mesmo impulso de luta, resistência à mudança ou viragem de atitude, transformação da consciência do que nos isola do nosso bem estar e desapegarmo-nos totalmente desse padrão.

Sendo o planeta Marte aquele que energiza a nossa capacidade de ação/reação, a nossa energia YANG (masculino), onde se manifesta a vontade e o desejo da identidade, que de uma forma espontânea e natural, interage, manifesta a nossa atitude na vida sem nos questionarmos.

Há um impulso natural que leva o ser a criar dinâmica, atitude, ação com tudo o que envolve o seu mundo exterior e em todas as áreas (social, profissional, familiar).

Sempre que o exterior cria uma interação que desestabiliza emocionalmente, desequilibra o interior, pois não vai de encontro aos nossos valores, nem à nossa forma de estar, Marte cria um duplo movimento uma dupla atitude.

Numa atitude reativa e instintiva, vai mantendo a mesma reação e criando distância, vazio, frustração, porque não obtém o foco da sua vontade. Na verdade, este movimento faz parte de todo o percurso na vida humana, pois é através dele que vamos tendo a oportunidade de ir fazendo novas escolhas que se coadunam mais com o nosso ser, interiormente harmonizado.

Esse momento de viragem de atitude, é onde Marte, a nossa atitude face à vida , finalmente rende o ego pelo cansaço e obtém a energia de amor-próprio, desapegando-se da vontade do ego que luta para manter os seus valores e a sua vontade e age criativamente por aquilo que é a sua mudança de atitude, representa a morte do ego que se distancia dos outros, pensando que assim está a controlar a vida. E nasce assim um novo fogo, já direcionado para a força da identidade que está a libertar-se de um padrão que criava mal-estar e distância e ativando uma vontade dirigida por amor-próprio e que vai interagir com o exterior já sem distância mas sim com inclusividade, que se manifestou primeiro numa transformação interna onde o ego se debatia com o próprio “Eu” e dessa forma irradia a vontade e o desejo de estar bem consigo próprio e morre o fogo egóico da luta oculta que mantinha com o exterior.

O objetivo, ao estar consciente, é ir gradualmente mudando aquilo que não produz bem-estar e equilíbrio interior, claro que o ego se vai debatendo, resistindo a essa transformação. É aqui, nesta etapa, que iremos ter a oportunidade de activarmos a força criadora que não vê o obstáculo, a frustração como uma barreira que o impede de ser, mas sim como uma oportunidade que o irá ajudar a renascer, este é o aprendizado da aceitação da vida e de todas as experiências, como fonte criadora de amor, pois tudo nasce a partir da transformação. Aquele que não se propõe a percorrer a vida com esta consciência espiritual, perde-se da sua essência e cria o vazio sem vida, onde nada acontece, tudo se mantém igual e vai perdendo a vitalidade.

Irá haver dois momentos energéticos cruciais, um vai ajudar-nos pela tensão a retirarmos as máscaras ilusórias de que é possível manter o mesmo controle, se resistirmos ao que a vida apresenta como mudança irá ser um desgaste e desvitalização.

Outro movimento, este no mês de junho, é um impulso de libertar mesmo a resistência e reagirmos de forma inteiramente nova.

Podemos fazê-lo por desgaste  ou por Amor a Nós. A escolha fará toda a diferença na vitalidade, vontade e Amor pelo nosso Ser. Mergulhemos em Nossos valores , pois a transformação é profunda…
Um profundo abraço...

Ruth Fairfield

Incondicionalmente rendida ao Universo e às Leis da Vida

Sobre a autora:

Ruth Fairfield é meu nome e considero-me uma cientista cósmica, pois os astros sempre me encantaram desde muito nova, dedico a minha vida a criar dinâmicas de consciência da influência evolutiva do mundo da energia cósmica e como podemos acompanhar toda a transformação interna , gerir o livre arbítrio, com o mapa da estrada da vida, a matriz astrológica, a impressão digital da nossa alma...

Fiz a formação de astrologia no Quiron, escola de astrologia gerida por Maria Flávia de Monsaraz, várias formações com Alan Oken, José Luis de Nascimento e outros...

Criei uma forma de mesclar todo o conhecimento de astrologia Esotérica, psicológica, kármica e médica e criar uma leitura do movimento da energia num sentido pratico e dinâmico de forma a ajudar as pessoas a conhecerem-se, criarem autonomia e gerirem a sua mudança... a criarem vitalidade, vontade e entrega na sua vida quotidiana…

 

Incondicionalmente rendida ao Universo e às Leis da Vida....

Ruth Fairfield

 

Contactos:

Ruth Fairfield

966425493/914632063

http://sunshineruth.wix.com/astrologia

www.eterhum.com

Sunshineruth@gmail.com

https://www.facebook.com/ruth.fairfield

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.