Quando a pandemia se instalou, muitos foram os que encontraram um novo espaço para a criatividade. Uns aprenderam a tocar instrumentos, outros iniciaram-se na cozinha ou redescobriram hobbies abandonados.

Ao mesmo tempo, estudos indicaram que o coronavírus estava a levar muitos a reavaliar as suas vidas e a contemplar mudanças positivas para o futuro. Um desses estudos concluiu mesmo que apenas 9% das pessoas realmente queria que a vida voltasse ao chamado "normal" após a pandemia.

Tak Hau é uma dessas pessoas cuja vida virou de cabeça para baixo em 2020, mudando drasticamente de direção enquanto designer de noivas com uma carreira de sucesso. Com oitenta por cento das empresas a entrarem em layoff por causa da COVID-19, Tak Hau, um estilista com uma carreira de mais de 20 anos, percebeu que a indústria dos casamentos seria atingida de forma particularmente dura.

"Todo o mercado de casamentos se desfez completamente. A última coisa na mente de alguém era planear eventos. Aqueles que ainda queriam se casar não estavam de forma alguma a gastar dinheiro, mas, pelo contrário, a optar por pequenas cerimónias", afirmou o ex-designer.

A sua luta profissional foi seguida de uma outra pessoal, quando o seu parceiro foi hospitalizado com COVID-19. A sua única consolação eram as chamadas regulares que mantinha com os seus amigos através de Zoom. E foi então que teve a ideia.

"Parte do novo-normal era o fascínio que as pessoas tinham ao ver amigos e colegas nas suas casas - notando as suas paredes, a decoração, todo o ambiente. Isto motivou muitos a pensar em como melhorar os seus quartos com alguma personalidade, numa altura em que estavam a passar tanto tempo em casa", continua Tak Hau.

O seu interesse por arte relacionada com borboletas e besouros já vinha detrás depois de passar anos a explorar entomologia (especialidade da biologia que estuda os insetos), mas nunca acreditou que isso pudesse tornar-se numa ocupação a tempo inteiro. De repente, viu-se com tempo para se dedicar ao que sempre quis fazer. Começou por criar a plataforma insectism.com para mostrar a sua arte, que tem um toque moderno.

Tak Hau
Butterfly Artwork "Sangaris over Rice" by Tak Hau at Insectism.com créditos: Tak Hau

"O meu estilo é um pouco fora da caixa, gosto de reproduzir peças que deixam as pessoas surpreendidas, evocando uma fantasia ou estimulando a imaginação. Muitas vezes gosto de criar algo que é bonito e instigante. Um aspeto importante de minha arte é focar-me no meio ambiente e utilizar insetos eticamente recolhidos. Não estou apenas a dar vida a uma parede, mas também a iniciar uma conversa", afirmou o artista.

Assim como as borboletas emergem dos seus casulos, a história de Hau é uma história de transformação. A COVID-19 tem um lado positivo onde a destruição gera um novo crescimento: "Não desisti e agora estou a fazer o que nunca ousei sonhar que poderia fazer antes".

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.