"Um cineasta apaixonado pelo oceano parte para registar a devastação que os humanos infligem às espécies marinhas — e descobre uma alarmante rede de corrupção global". É assim a apresentação do novo documentário Seaspiracy, disponível na Netflix Portugal a partir de 24 de março.

“A equipa subestimou a escala do que eles iam desvendar. O que tornou as coisas ainda mais chocantes foi o facto de os governos e grupos ambientais serem cúmplices e de lucrarem da destruição do oceano”, disse o realizador Ali Tabrizi.

O produtor executivo Kip Andersen afirma que esta é “a peça mais importante que faltava no puzzle ambiental”, realçando que “qualquer um que se importe com o oceano e o seu futuro deve ver este filme”.

“O grau de destruição nos nossos oceanos está a ultrapassar o nosso conhecimento das suas maravilhas. Devemos envolvermo-nos nesta discussão urgente para protegermos o habitat mais incrível na Terra”, refere Lucy Tabrizi, a realizadora assistente de Seaspiracy.

12 documentários para refletir sobre o meio ambiente e a humanidade
12 documentários para refletir sobre o meio ambiente e a humanidade
Ver artigo

Andersen também produziu os famosos documentários Cowspiracy e What the Health, dois dos filmes mais influentes na área da consciência ambiental, nomeadamente na transição para o veganismo. Ambos as produções contaram com a participação do ator e ativista Leonardo di Caprio.

Enquanto Cowspiracy alerta o público para o impacto ambiental negativo da pecuária terrestre, Seaspiracy centra-se na indústria pesqueira. Cada vez mais pessoas sabem das consequências negativas da criação de animais para obter carne, mas o impacto da pesca comercial nos oceanos e meio ambiente continua envolto em sigilo.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.