Peritos internacionais alertaram para os riscos de uma utilização da inteligência artificial (IA) por “Estados párias, por criminosos e por terroristas”, num relatório hoje divulgado.

Segundo os peritos, nos dez próximos anos, a eficácia crescente da IA pode reforçar a cibercriminalidade, mas também conduzir à utilização de drones ou robots para fins terroristas. É também suscetível de facilitar a manipulação de eleições através das redes sociais, com recurso a contas automatizadas (‘bots’).

O relatório com 100 páginas foi redigido por 26 peritos em IA, cibersegurança e robótica, que pertencem a universidades (Cambridge, Oxford, Yale, Stanford) e organizações não governamentais, como OpenAI, Center for a New American Security e Electronic Frontier Foundation.

Os autores do documento apelaram aos governos e aos diferentes atores envolvidos a tomarem medidas para limitar as ameaças potenciais associadas à inteligência artificial.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.