O governador do Havai, David Ige, assinou legislação que proíbe o uso de cremes de proteção solar que contenham dois químicos que os investigadores consideram prejudiciais para o recife de coral, divulgaram hoje as autoridades locais.

10 coisas perigosas que põe no lixo (e não devia)
10 coisas perigosas que põe no lixo (e não devia)
Ver artigo

O Havai tornou-se o primeiro Estado norte-americano a banir o uso de protectores solares que contenham oxybenzone e octinoxate.

A proibição entrará em vigor em 2021.

Tóxicas para os corais

Cientistas descobriram que aquelas duas substâncias podem ser tóxicas para os corais, um elemento vital no ecossistema dos oceanos e uma atração importante do turismo.

Os consumidores serão incentivados a utilizar protectores solares que não contenham tais químicos. 

A medida provocou algum criticismo daqueles que entendem que o estudo científico é insuficiente para suportar a teoria que aquelas substâncias danificam os corais.

Os retalhistas do Havai mostraram-se preocupados que a nova legislação desencoraje as pessoas a comprarem cremes de proteção solar nas lojas locais antes de irem à praia.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.