Os dois homens, de 28 e 50 anos, foram detidos na quarta-feira e estão indiciados por burla, furto qualificado e roubo, explicou esta força de segurança, em comunicado.

Na sequência da investigação, os militares apuraram que os homens são suspeitos de terem praticado, nos últimos três meses, cerca de 20 burlas e furtos nos concelhos de Barcelos, Esposende, Vila do Conde, Ponte de Lima e Viana do Castelo.

Além destas burlas, os homens são suspeitos de terem roubado, com recurso a ameaças, uma idosa na via pública.

“As vítimas são pessoas idosas, especialmente vulneráveis, a quem os suspeitos se diziam funcionários da Segurança Social ou de um centro de saúde para ganhar a sua confiança”, reforçou a GNR.

Depois de ter a sua confiança, os arguidos apoderavam-se do dinheiro e do ouro.

Dando cumprimento a cinco mandados de busca, dois em habitação e três em carros, os militares apreenderam 7.000 euros em dinheiro, vários objetos em ouro, uma arma transformada, munições, motosserras, roçadoras e telemóveis.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.