O porta-voz da ULSNA, Ilídio Pinto Cardoso, explicou que as cirurgias programadas nos hospitais de Portalegre e Elvas estão “suspensas” para testagem dos profissionais, ao passo que as cirurgias de trauma [urgências] e oncologia estão em "funcionamento".

A ULSNA gere os hospitais de Portalegre e Elvas e 16 centros de saúde nos 15 concelhos que compõem o distrito de Portalegre.

Na quinta-feira, a unidade funcional de Gastroenterologia do hospital de Portalegre encerrou, após terem sido detetados quatro casos ativos da COVID-19 entre colaboradores desta área e dos serviços de consultas externas.

O gabinete de comunicação da ULSNA explicava, em comunicado, que o serviço de saúde ocupacional estava a proceder, em conjunto com os serviços afetados e com a unidade de saúde pública, à investigação epidemiológica e à realização de testes de rastreio “sempre que necessário” aos colaboradores e utentes.

De acordo com o relatório publicado hoje pela ULSNA na sua página na Internet, o distrito de Portalegre conta com um total de oito mortes associadas à covid-19 desde o início da pandemia.

No documento é referido que o distrito de Portalegre registava 374 casos ativos, sendo a lista liderada pelo concelho de Portalegre, com 183 casos. Seguem-se Elvas, com 40 casos ativos, Nisa (28), Campo Maior (26), Ponte de Sor (20), Arronches (19) e Crato (15).

Os concelhos do Gavião e Monforte apresentam nove casos ativos cada, Avis seis, Alter do Chão e Marvão cinco casos cada, Fronteira quatro e Sousel três casos ativos.

O concelho de Castelo de Vide não apresenta hoje qualquer caso ativo.

No mesmo relatório, a ULSNA indica que foram feitos até hoje 24.422 testes de diagnóstico no distrito de Portalegre.

Portugal contabiliza pelo menos 3.553 mortos associados à covid-19 em 230.124 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.