Uma fonte da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA) indicou à agência Lusa que, dos 15 testes que estavam inconclusivos, chegaram hoje os resultados de 11, dos quais nove são positivos, quatro de utentes e cinco de funcionários, e dois são negativos.

A ULSBA aguarda ainda o resultado de quatro testes.

O surto no lar da Mansão de São José, que apenas acolhe utentes do sexo feminino, conta agora com um total de 87 idosas com resultados positivos para o novo coronavírus SARS-CoV-2, que provoca a doença covid-19, e 19 funcionários, o que dá o global de 106 infetados.

Três utentes deste lar infetadas com covid-19 estão internadas no hospital da cidade, com quadro clínico “estável”, segundo a Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo.

As três idosas encontram-se na “enfermaria covid” do Hospital José Joaquim Fernandes, com um “quadro clínico estável”, disse fonte da ULSBA.

A transferência de pelo menos 58 utentes desta Estrutura Residencial para Pessoas Idosas (ERPI) de Beja para a Base Aérea N.º 11 (BA11), nos arredores da cidade, está prevista começar por volta das 14:00 de hoje, segundo fonte da Proteção Civil.

O primeiro caso de covid-19 detetado neste lar foi o de uma mulher de 89 anos que “deu entrada na segunda-feira no Serviço de Urgência” do hospital de Beja, “fez um teste positivo” para o coronavírus SARS-CoV-2 e foi internada, disse esta semana à Lusa fonte da ULSBA

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.