As orientações encontram-se num site fornecido pelas autoridades sanitárias angolanas (https://www.vacina.gov.ao), no qual devem ser inseridos os números de registo e de identificação pessoal, podendo então ser emitido o documento.

Angola iniciou a sua campanha de vacinação no dia 02 de março deste ano, tendo até à presente data administrado 2,1 milhões de doses, das quais 1,9 milhões relativos à primeira dose, 782 mil da segunda dose e 144 de dose única.

O processo de vacinação angolano está a ser levado a cabo com as vacinas AstraZeneca, Janssen, Pfizer, Sputnik V e Sinopharm.

O país registou até à presente data um total de 48.656 casos confirmados, dos quais 3.521 ativos, 1.270 óbitos e 43.865 recuperados.

A covid-19 provocou pelo menos 4.560.565 mortes em todo o mundo, entre mais de 220,27 milhões de infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.