Canta, açorda, canta

A açorda "é quase uma bandeira do Alentejo, como o cante. É uma forma de miséria, de pobreza, de vida, é uma forma de dizer", explicava o realizador Sérgio Tréfaut no lançamento do filme "Alentejo, Alentejo". De comida do povo a objeto de cinema, de alimento básico a associação ao cante, património imaterial da humanidade, eis algumas receitas de açorda

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.