Após uma viagem pelo Sudeste Asiático, Paula Carvalho percebeu que estava na altura de mudar de vida. Foi com uma grande dose de coragem e muitos sonhos por concretizar, que se mudou de malas e bagagens para o Oriente em 2018. "Larguei a vida estável que tinha em Portugal e fui primeiramente cumprir o sonho de viajar pelo Myanmar com uma bicicleta portuguesa e depois fui para o Vietname onde fiquei cerca de um ano, entre algumas viagens a outros países vizinhos", disse em entrevista ao SAPO Lifestyle a marketeer e comercial apaixonada por viagens.

Há mais de um ano a viver um estilo de vida com que sempre almejou, a jovem de 30 anos – à semelhança do que aconteceu com o resto do mundo – nunca imaginou que uma pandemia lhe iria virar a vida do avesso e a obrigar a regressar a Ermesinde. "Na altura estava a viajar pelo Myanmar quando apareceram as primeiras notícias sobre um vírus. Estávamos em janeiro de 2020. Tinha um voo para a China que nunca aconteceu e acabei por ir ter ao Laos onde fiquei mais de um mês a fazer voluntariado até novidades sobre o tal vírus serem mais concretas. Em março todos os que lá estavam começaram a voltar para os seus países e eu achei por bem fazer o mesmo."

O ano de 2020 foi profundamente transformador na vida de Paula Carvalho e que a obrigou a reinventar-se. Uma das formas que encontrou para se manter ocupada durante a pandemia – que a impossibilitou sair de Portugal – e lidar com as saudades do continente asiático de uma forma criativa foi através do lançamento de uma linha de t-shirts. Émoi – uma adaptação do termo Vietnamita “Em ơi”, usado para chamar alguém jovem – foi o nome escolhido.

"A inspiração vem do Sudeste Asiático. Lá eles são muito coloridos e usam bonecos na roupa nos acessórios, coisas que aqui associaríamos a vestuário de criança. Acho o conceito alegre e divertido e por isso quis trazê-lo para cá, já que acho as nossas ruas muito escuras. Gosto da ideia de que aqui também se possa ter as ruas mais coloridas como as do Sudeste Asiático. Ao viajar por lá, até ao nível da roupa costuma ser muito fácil identificar um estrangeiro na multidão: é por norma o que está vestido com tons escuros", explica sobre o conceito por detrás deste negócio que presta homenagem ao Vietname, país onde morou durante um ano.

Inspirada na moda asiática, a Émoi é uma marca para os fãs de roupa larga e relaxada, "com espírito jovem, alegre, divertido, distinto e ousado, com coragem para arriscar em cor e sem medo de julgamentos". Para a concretização deste projeto, a jovem contou com a ajuda de dois negócios locais portugueses com quem estabeleceu uma parceria na produção das t-shirts e impressão dos diversos desenhos e inscrições. Mas mais do que uma mera peça de roupa, as t-shirts da Émoi pretendem desafiar os portugueses a aprender novas línguas ao tentarem decifrar o significado das inscrições impressas em cada uma das suas peças.

Questionada sobre a ambição deste projeto, a que deverá dar continuidade assim que regressar para o continente Asiático, Paula Carvalho não tem dúvidas: trazer alegria para a vida dos outros. "A minha ambição é que quem as use espalhe sorrisos, daí os desenhos serem todos fofos e sorridentes sendo que os sorrisos são contagiantes", conclui.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.