No que respeita ao encontro com a sua alma gémea, resista à tentação de entregar tudo nas mãos do destino e tome algumas atitudes que podem ajudar. Para isso, o Felizes.pt preparou um guia de sete dicas para acelerar o processo de conhecer a sua cara-metade:

1. Seja você mesmo, sempre

O objetivo de encontrar uma alma gémea, é que o seu parceiro seja alguém que o aceite e o reconheça pelas suas qualidades, mas também, pelos seus defeitos. Para isto, é importante ter em mente que não adianta tentar ser algo que não é para agradar alguém, porque mais tarde ou mais cedo, essa capa acaba por cair e pode criar uma desilusão grande no outro. Acredite no seu potencial. Se aprender a gostar de si e de todas as suas características, o outro também irá gostar.

2. A perfeição não existe

De nada adianta criar uma imagem demasiado delineada do tipo de pessoa que procura. A verdade é que, quanto mais exigentes somos, menos damos atenção aos detalhes que realmente fazem a diferença. Acontece muitas vezes a pessoa ideal ser exatamente o oposto daquilo que imaginamos. Isto porque é necessário quebrar padrões de relações anteriores, e procurar um novo alguém que, apesar de à primeira vista não ser exatamente aquilo que idealizamos, mais tarde vai-se revelar o match perfeito.

3. Não apresse as coisas

Decerto que já ouviu a expressão “devagar se vai ao longe”, deve memorizá-la e repeti-la para si mesmo durante o processo de conhecer alguém. No que diz respeito a algo tão sério como encontrar a sua alma gémea, não apresse as coisas. Se for uma pessoa impaciente e nervosa, tente ser paciente e positiva. Pense naquilo que realmente quer e no que vai, de facto, fazê-la ou fazê-lo feliz, trabalhe no seu desenvolvimento pessoal. Se a busca estiver a ser exaustiva e lhe consumir toda a sua energia, não hesite em dar um passo atrás e voltar “ao mercado” apenas quando se sentir preparado. O segredo está em confiar que a pessoa certa vem quando menos esperamos.

10 sinais subtis de que alguém está apaixonado por si, mesmo que ainda não o tenha dito
10 sinais subtis de que alguém está apaixonado por si, mesmo que ainda não o tenha dito
Ver artigo

4. Aprenda mais sobre si mesmo

Seja porque está à procura da sua cara-metade ou não, devemos investir sempre em todas as dimensões da nossa vida. Na prática, isto quer dizer que o foco tem de ser direcionado para si mesmo: cuidar de si, física e psicologicamente, investir nos seus interesses pessoais, etc. Desta maneira, descobre mais sobre si próprio e quais os seus verdadeiros gostos e por consequência percebe quem realmente faz fit com a sua personalidade.

Lembre-se, não faz mal ter uma série de maus encontros ou simplesmente não ter nenhum. Não faz mal pedir conselhos ao seu grupo de amigos, e também não faz mal não os aceitar a todos. O falhanço faz parte do processo, e não existe nenhum problema em estar solteiro e à procura.

5. Não se acomode

É importante aceitar que todos temos defeitos e tentar sempre ser compreensivo, sim. Mas há limites, e é importante saber defini-los com clareza dentro de si antes de começar a aceitar que todo o tipo de pessoa entre na sua vida. Interrogue-se sobre si mesmo até saber exatamente quem é, e o que quer. Este processo de autoconhecimento vai trazer-lhe clareza no momento de escolher a pessoa com a energia certa para esta fase tão importante.

6. Procure alguém que o aceita por quem você é

De nada vale perder tempo com quem não o aceita tal como é. Ninguém é perfeito, e é importante não se esquecer disso. Mesmo que sejam diferentes, há sempre formas de se adaptarem. Num relacionamento tem de haver cedências dos dois lados, e quando a balança não está equilibrada, não é bom sinal. Encontre alguém que saiba assumir um compromisso e que esteja disposto a fazer com que a relação resulte, tanto quanto você. Uma relação não se constrói magicamente, é necessário trabalho e investimento.

7. Dê-se ao trabalho

Para além de ter de se empenhar para encontrar a sua cara-metade, também é preciso algum trabalho para conseguir manter a relação, quando esta começar. As relações crescem quando existe uma compreensão mútua das necessidades um do outro, nunca esquecendo que o outro não pode (nem deve) satisfazer todas as suas necessidades. Não é necessário ter tudo em comum com alguém para se tornarem reais almas gémeas. É fundamental haver uma comunicação aberta, contínua e sem julgamentos. Quando ambos estão dispostos a fazer um esforço semelhante, tudo é possível.

Não se esqueça que as pedras no caminho existem, mas não desista. Permita-se ser feliz, e por consequência, irá atrair tudo aquilo que sempre idealizou.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.