Qualquer novo pai espera perder um pouco de sono, mas de acordo com um novo estudo britânico, 7 em cada 10 pais estão a perder uma média de três horas de sono todas as noites no primeiro ano do seu bebé - o equivalente a perder 133 noites de sono antes mesmo do bebé completar um ano de vida.

O recente estudo, encomendado pela Snüz, especialista em produtos para o sono do bebé, questionou mais de 1.300 pais, que partilharam as suas experiências pessoais. Quase metade deles (44%) sentia-se extremamente sem apoio quando se tratava do sono do bebé.

Num estudo à parte, a Snüz conversou com mais de 82 mil pais no Instagram para descobrir como eles realmente se sentiam sobre o primeiro ano de sono. Quando questionados sobre o facto de o bebé não dormir, 88% admitiram ser uma causa de stresse, enquanto 77% falaram sobre a ansiedade que sentem antes mesmo de começar a hora de dormir, pois antecipam uma noite sem dormir.

Além destas emoções, 65% dos entrevistados disseram que muitas vezes se sentiam solitários quando acordavam tarde com o recém-nascido.

Com o stresse, ansiedade, solidão e exaustão em cima da mesa, torna-se evidente como o primeiro ano de paternidade pode ser extremamente exigente. Preocupada com estes resultados e com uma consciência cada vez maior da importância da saúde mental dos pais, a equipa de Snüz sentiu que era importante abrir a discussão e fornecer um meio para os pais se conectarem.

Por isso criou a "Sleep Support Month", uma campanha nacional de apoio aos pais com privação de sono. Ao longo do mês de março, a marca vai apoiar e educar os novos pais a lidar com os desafios do sono.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.