No dia 22 de junho realizou-se, no Edifício da Música da Escola Superior de Educação do Porto, o Workshop "Cantar, Cantar Mais, Canções do Mundo" com Richard Frostick.

A convite da APEM em parceria com a DGE e o Programa de Educação Estética e Artística, Richard Frostick, diretor artístico do Projeto World Voice do British Council, dinamizou para cerca de 30 professores (educadores de infância, professores do ensino básico, professores de música do ensino regular e do ensino artístico especializado e professores investigadores) um workshop muito prático em que as canções, o modo de ensinar e a relação das canções com todo o currículo do ensino básico foram o centro das atividades.

"Se quiser aprender música, cante”, diz Richard Frostick, “a música é a melhor forma para uma pessoa se expressar e qualquer pessoa pode participar, a música pode ser um meio para se quebrarem barreiras e uma forma de fomentar o equilíbrio social”.

Durante 90 minutos fez-se música, cantaram-se canções de vários zonas do mundo e do Cantar Mais e ficou bem demonstrado como cantar contribui para a educação como um todo. Esta é a filosofia do Cantar Mais.

Richard Frostick é reconhecido como um dos principais líderes de canto do Reino Unido e tem uma reputação internacional considerável, tendo trabalhado em projetos de grande escala neste país e com outras orquestras europeias. Já o World Voice está presente em 17 países e é considerado um dos maiores e mais ambiciosos projetos internacionais de canto ao nível nacional tendo já chegado a 1,5 milhões de crianças.

Richard Frostik, Diretor Artístico do ‘World Voice’ do British Council, comenta:“fiquei profundamente impressionado com o trabalho que a equipa está a fazer no âmbito do Cantar Mais. Que grande trabalho em prol das crianças de Portugal.”

Ao fim de 6 meses a plataforma gratuita Cantar Mais, que pretende ajudar os professores a dinamizar o currículo de forma mais criativa, conta com utilizadores de países tão distintos como Portugal, Brasil, Timor ou Moçambique. A principal forma de divulgação tem sido workshops nas escolas para professores e alunos conhecerem o site e perceberem de forma prática como poderão implementar as ferramentas em aula.

A Direção da APEM reforça: “o World Voice é, desde o início do nosso site, uma referência e ter alguém tão reconhecido como o Richard a validar o nosso projeto é um verdadeiro orgulho; já tivemos o previlégio de o receber antes e estamos ansiosos para poder aprender mais e melhores técnicas que serão aplicadas nos nossos workshops junto das escolas.”

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.