Rob Kardashian negou todas as acusações de violência doméstica de que foi alvo por parte da sua ex-noiva, Blac Chyna.

Segundo os documentos do tribunal obtidos pelo site The Blast e relativos ao dia 27 de dezembro, Rob “genericamente e especificamente nega cada alegação”.

“Ela não sofreu qualquer tipo de injúria como resultado da conduta do Sr. Kardashian”, lê-se nos documentos.

Por seu turno, Chyna, que tem uma filha em comum com Rob – Dream, de 13 meses, acusou-o de abusos físicos e psicológicos em abril, num momento em que tentou ligar ao ex-companheiro, Tyga. Consta que Rob “imediatamente arrancou o telemóvel da sua mão e empurrou-a violentamente para o chão, onde a agarrou-a pelas mãos e joelhos”. “A Sr. White [Chyna] teve dores e dificuldades de andar durante dias logo a seguir à disputa doméstica e como resultado de Rob Kardashian a ter prendido violentamente no chão”, garante a queixa.

Contudo, Rob defendeu-se, afirmando que também ele foi vítima de atos violentos por parte da modelo. No processo descreveu uma situação na qual Blac o tentou sufocar com o fio de um carregador de telemóvel, ainda em dezembro de 2016. Relativamente aos testemunhos de Chyna, os advogados de Rob garantem que tudo não passa de acusações difamatórias.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.