Rui Patrício saiu da moradia de Alcochete onde vivia desde o seu casamento com Joana Pereira, de quem se está a divorciar, levando consigo todo o recheio da casa.

O casal está separado desde Novembro do ano passado e não consegue chegar a acordo quanto à divisão dos bens. Enquanto o guarda-redes leonino terá oferecido à ainda mulher um valor de cerca de 80 ml euros, Joana Pereira exige uma pensão de alimentos e a moradia de Alcochete avaliada em 650 mil euros.

Na altura da separação Joana Pereira mudou-se para casa dos pais e Rui Patrício continuou a viver na moradia do casal, de onde se mudou agora, por alegadamente já não aguentar as visitas inesperadas da mulher que entrava e saía da casa quando muito bem lhe apetecia e às horas mais improváveis.

“O Rui já não aguentava viver ali. Ele não tinha privacidade, porque a Joana, apesar de ter voltado para casa dos pais, aparecia quando lhe dava na cabeça, mesmo de madrugada”, escreve hoje o Correio da Manhã, citando uma fonte próxima de Rui Patrício, que optou por ficar a residir na mesma zona para se manter perto do centro de estágio do Sporting.

Joana Pereira, com o pretexto de repor a verdade sobre tudo o que tem sido escrito na imprensa sobre o polémico divórcio, começou a sondar vários órgãos de informação no sentido de vender uma entrevista exclusiva por um valor de 15 mil euros.

“Sim, é verdade que pedi 15 mil euros. Não tenho problemas nenhuns em assumir isso e no dia em que o que tenho a dizer for publicado as pessoas vão perceber as razões de eu estar a pedir dinheiro”, disse Joana à revista Tv Mais.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.