Madonna luta contra novo preconceito. "Por uma razão ou por outra, tentaram sempre calar-me", queixa-se a cantora, que se diz vítima de discriminação por causa da idade. Para mudar mentalidades e combater estereótipos, a norte-americana, que no próximo dia 14 de junho lança um novo disco, "Madame X", surge numa fotografia promocional, nua da cintura para baixo, com as mãos cobertas de joias, a tapar a área genital.

A ousada e provocadora imagem, que já está a ser partilhada por milhares de fãs da intérprete de "I rise", "Vogue" e "La isla bonita" nas redes sociais, está no entanto longe de reunir consensos. "Madame X também é uma atriz porno", elogia Ert Herb. "Photoshop violento. As pernas dela não estão assim tão lisas", critica Danny Lima. "Coitada! Já passou a época dela", considera Luciana Ferraz, uma antiga admiradora.

Madonna volta a chocar. Fotografia promocional do novo disco mostra mãos da cantora, nua, a tapar área genital

Na loja online do site oficial da cantora, já está disponível por 30 dólares, cerca de 27 euros, uma sweat-shirt com a fotografia. À semelhança de Dita Parlo, dominatrix sadomasoquista interpretada pela atriz alemã Grethe Gerda Kornstädt em 1934, o alter ego que Madonna adotou para promover o álbum "Erotica" em 1992, que pode recordar de seguida, também Madame X é uma mulher ousada, destemida e despudorada.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.