Parece que quase todos os dias há uma nova polémica em torno do nome de Kanye West. Desta vez, o rapper está a ser acusado de ser o responsável pela divulgação de fotos e vídeos íntimos de Kim Kardashian, a sua ex-companheira.

A investigação feita pela Rolling Stone refere que Kanye mostrava vídeos pornográficos nas reuniões da sua marca desportiva, a Yezzy, proferindo ainda vários comentários de conteúdo sexual.

Em 2018, segundo a mesma fonte, o cantor terá mostrado a um candidato a funcionário, numa entrevista de emprego, uma fotografia íntima que lhe havia sido enviada pela então esposa. Mais tarde, Kanye terá exibido a alguns dos seus funcionários um vídeo igualmente íntimo de Kim.

Importa lembrar que Kanye West e Kim Kardashian se divorciaram este ano, sendo que a separação aconteceu no ano passado.

Leia Também: Kim Kardashian posa em lingerie reduzida e cheia de brilhantes

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.