Jamie Lynn Spears respondeu publicamente às acusações da irmã, Britney Spears, depois de ter sido criticada por dar uma entrevista televisiva recentemente.

Através da sua conta de Instagram, Jamie Lynn, de 30 anos, garantiu que "sempre esteve lá" para a irmã mais velha, notando que as declarações feitas por Britney nas redes sociais não correspondem à realidade.

Esta vai mais longe e nota que as críticas feitas por Britney levaram a que ela e a família recebessem ameaças de morte.

"Brit, estou sempre aqui para ti, sabes que nos bastidores sempre estive lá para ti. Tornou-se cansativo quando as conversas e as mensagens que trocamos em privado não correspondiam àquilo que publicavas nas redes sociais", relata.

"Muito sinceramente, as coisas que foram ditas são definitivamente mentira e já esclareci isso, porque está a tornar-se cada vez mais difícil para mim explicar à minha filha mais velha a razão pela qual continuamos a receber ameaças de morte, como resultado das publicações vagas e acusadoras da tia, especialmente quando sabemos que ela podia dizer a verdade e colocar um ponto final a isto tudo num segundo se ela quisesse", continua.

"Não há lados, não quero nenhum drama, mas estou a falar a verdade para curar o meu trauma e para que possa fechar este capítulo e seguir em frente, e espero que a minha irmã possa fazer o mesmo. Independentemente do que aconteça, vou sempre amar a minha irmã mais velha, e estar lá para ela. É altura de colocar um ponto final a este caos pouco saudável e que controlou a minha vida por tanto tempo", completou.

Leia Também: Irmã de Britney Spears garante que ajudou a cantora: "Fiz de tudo"

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.