O processo de separação de Bárbara Guimarães e de Manuel Maria Carilho tem feito correr muita tinta na imprensa cor-de-rosa. Um dos escândalos relacionados com o divórcio foi o facto de alegadamente o ex-Ministro da Cultura ter agredido a apresentadora da SIC.

Uma das figuras a comentar o caso foi Eduardo Madeira:

“Homem que é homem não bate numa mulher. Mesmo que ela beba. Até porque fica mais difícil acertar-lhe.

Fora de brincadeiras, e mesmo não sabendo tudo o que se passou, estou desde já ao lado da Bárbara Guimarães. Se Carrilho não gostava do que se passava pedia o divórcio. Ponto.

Acabo como comecei: homem que é homem não bate numa mulher (exceto coisas sado-maso de que ninguém se queixa)”, escreveu na sua página de Facebook.

Esta foi uma publicação que levou a um confronto de ideias por parte dos fãs do comediante.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.