Foi conhecida esta segunda-feira a decisão do tribunal sobre as acusações de violação a Harvey Weinstein. O produtor, de 67 anos, foi considerado culpado das denúncias de várias atrizes que tornaram públicos os seus testemunhos desde 2017.

O escândalo que deu origem ao movimento #MeToo mudou por completo a vida do norte-americano, começando pelo fim do seu casamento de dez anos com Georgina Chapman.

A designer de moda pediu o divórcio assim que surgiram as primeiras acusações, mostrando-se solidária com as vítimas.

Desde então que se tem mantido discreta quanto ao caso, também em prol da privacidade dos filhos do ex-casal: India, de nove anos, e Dashiell, de seis.

Georgina Chapman, fundadora da marca Marchesa, tem contado com o apoio de personalidades como Anna Wintour, editora da Vogue norte-americana.

Leia Também: Harvey Weinstein levado para o hospital após ser considerado culpado

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.